Mindset

Qual o preço que você está disposta a pagar?

Se eu te perguntar: 

O que você mais quer na vida? 

A probabilidade de você responder algo como: 

“Quero uma vida tranquila, um emprego bom e que eu goste, um salário bom, uma família que me ame, quero poder viajar nas férias, ter boa saúde, viver bem, enfim, ser feliz.” 

É bem grande! 

Afinal de contas, quem não quer uma vida boa assim?

Mas a maior parte das pessoas deseja tudo isso sem pensar em um pequeno grande detalhe:

Qual é o preço que você está disposta a pagar para ter a vida que deseja?

Parece duro? Mas é uma realidade.

Em todos os programas Dona do Tempo  chega em um momento onde eu falo a seguinte frase: Para tudo na vida a gente ganha E a gente perde. 

As pessoas normalmente se chocam, afinal de contas, o que se pode perder por ter uma saúde boa, um emprego bom, um salário decente, ou mesmo poder viajar nas férias?

Mas aí é que se enganam! 

Para conquistar cada uma dessas coisas boas da vida, é preciso fazer algo! É preciso se esforçar. É preciso pagar um preço! E não… nem todos estão dispostos a pagar.

E estes que não estão dispostos a pagar um preço por suas conquistas, normalmente desistem diante as dificuldades e ainda ficam comparando suas vidas com toda a timeline do Instagram. 

Quando era mais nova, eu tinha uma rotina de exercícios + alimentação + tratamentos estéticos semanais. Eu tinha um acompanhamento com uma personal MARAVILHOSA, e treinava pesado! As pessoas elogiavam meu corpo, como se eu tivesse tido aquele resultado sem ter me esforçado para conquistá-lo. Ninguém sabia das minhas dores musculares, das minhas restrições, do meu investimento, só viam o resultado… é claro! E isso me indignava! 

Por que é fácil demais reclamar que não tem determinada coisa, sem usar o efeito T.O.R.D.A (tire o rabo do assento) 

Uma coisa sempre me deixou curiosa: Por que a gente costuma focar só no resultado, mas não no processo para alcançar aquele resultado.

E estudando um pouco mais sobre isso, concluí com a ajuda da Dra. Carol Dweck, autora do livro Mindset – A nova psicologia do sucesso, que aproveitar o caminho E pagar o preço para chegar no resultado, faz parte de um mindset de crescimento, isso porque, as pessoas que tendem mais para este estilo de programação mental abraçam desafios e suas oportunidades de aprendizado. Ou seja, mesmo se elas errarem, elas não desistem. O foco delas não é só a linha de chegada, já que elas se divertem à todo tempo, o que era meu caso! 

Hoje a única mudança, é que eu não faço mais tratamentos estéticos, e nem me restrinjo tanto na alimentação – mas tenho meu acompanhamento nutricional.

Pessoas com o mindset fixo, normalmente correm dos desafios, já que tem medo do fracasso. E assim, se sabotam mesmo antes de começar. 

Outro ponto complementar ao mindset, é a ideia da autorresponsabilidade e protagonismo. Uma vez que você entende que é responsável pelos seus resultados e DECIDE fazer seus objetivos saírem do papel, você passa a criar suas oportunidades, a aprender com suas falhas, entender novos caminhos e a pagar o preço por fazer diferente.

Ser protagonista da sua vida, trabalhar o mindset de crescimento, não vai fazer com que as frustrações desapareçam da sua vida, nem vai tornar tudo milagrosamente mais fácil. Porém, vai te dar uma sabedoria na hora de pensar para agir, de escolher prioridades e de se conectar com o que faz sentido para você.

Para desenvolver mais a sua forma de pensar, veja este post com 5 dicas para superar seus desafios no trabalho e na vida

Já para ser protagonista, eu tenho uma dica – saia da sua zona de conforto, (mas não é para você ir para a zona de pandemônio não! Conheça mais sobre ela, aqui), é para você dar apenas um passinho fora dela. 

A gente acha que precisa fazer grandes feitos do dia para a noite, mas na verdade, a gente só precisa dar um passo de cada vez para conseguir tirar os planos do papel.

E voltando à pergunta: Qual é o preço que você está disposta a pagar para ter a vida que deseja?

Eu te proponho um exercício que talvez não seja fácil, mas é simples!

Pense no seu objetivo e responda:

  1. O que você vai ganhar com sua realização?
  2. O que vai perder SE NÃO realizá-lo?
  3. O que você vai ganhar SE NÃO realizá-lo?
  4. O que você vai perder com a sua realização?

Descubra o que você ganha e o que você perde e decida. 

Está disposta a pagar o preço da pergunta 4?

Quem tem um porquê, enfrenta qualquer como!

Viktor Frankl

Se este objetivo estiver verdadeiramente alinhado com o que é importante para você, a tendência é você pagar este preço sim! Mas se prepare para isso! Trabalhe sua mente, e tenha o mindset de crescimento para curtir o caminho!

  • Conheça mais sobre o Programa Dona do Tempo, um processo individual, voltado para seus objetivos e desenvolvimento.
  • Inscreva-se no Desenrola e receba dicas de coaching gratuitas no seu whatsapp.
  • E quer desenrolar sua vida em 3 meses? O Desenrola Express pode te ajudar! Este é um curso de desenvolvimento humano voltado para alta performance na vida.  
  • BAIXE os materiais gratuitos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.