Coaching

3 Formas de ter mais ação na sua vida!

Se você quer chegar aonde a maioria não chega, faça o que a maioria não fez.

Bill Gates

Em todas as sessões do Dona do Tempo eu finalizo perguntando. E o que você pode fazer durante essa semana para ficar mais próxima do seu objetivo e já ouvi muito essa resposta: “Não sei Nat, se eu soubesse, eu já teria feito!”

Será mesmo que isso é verdade?

Na contramão dessa frase, eu já ouvi também: “Nat, pior que eu sei o que eu preciso fazer e mesmo assim não faço.”

Você consegue se identificar com algum dos dois perfis?

 

Então prontooo! Você é humana! E tudo bem!

É comum passarmos ao longo da nossa vida por estes dois cenários e também pelo terceiro, de saber o que fazer e meter a mão na massa para colher os resultados!

Eu pelo menos, consigo pensar em várias vezes em que estive nos 3 cenários.

Quando estamos muito imersos nos problemas, nas questões que nos cercam, pode ser mais difícil enxergar as possibilidades e saídas. E então eu escuto a primeira resposta. Não sei! Se eu soubesse…

E quando a gente consegue enxergar a saída, a gente passa a enfrentar um novo obstáculo: Nós mesmos.

Sim… Nós nos sabotamos! E por isso, deixamos de fazer coisas que são importantes para nossa vida.

Temos em nós alguns sabotadores. E com ele vem a falta de autoconfiança, baixa autoeficácia (veja mais sobre este tema no item autoeficácia), baixa autoestima e por aí vai.

Durante um processo do Dona do Tempo, conseguimos identificar e neutralizar um pouco esses sabotadores.

Mas aqui, quero compartilhar com você, 3 dicas para você começar a agir mais.

1º Se você não sabe ainda o que fazer. Pare um pouco. Talvez você não esteja se fazendo a pergunta certa.

Busque focar na solução e não no problema. E para isso, faça um brainstorming, escreva, quais seriam as 10 possibilidades de solução – mesmo que pareça ser muito difícil ou impossível, mas escreva.

Separe um tempo para isso.

Com esse material, você vai conseguir focar em alguma das soluções que seja possível para que você implemente dentro da sua realidade.

Uma vez que você tenha clareza do que poderia fazer, vá para o próximo passo.

2º Defina um dia e horário para você começar a agir em cima desta atividade.

Esta é uma intenção de implementação. Às vezes não fazemos o que deveríamos, porque não temos ninguém no nosso pé cobrando um resultado. Então, acabamos por não encarar aquela tarefa como um compromisso verdadeiro e não fazemos nada a respeito.

 

Quando você define um dia e um horário para agir, você mostra para sua mente que aquilo é sério. E que precisa ser feito.

Isso elimina 100% as chances de você não fazer? NÃO! Mas tem uma pesquisa que comprova que quando a gente programa uma intenção de implementação, a gente aumenta as chances de realizar em 80%.

FOQUE NA SOLUÇÃO E NÃO NO PROBLEMA

3º Escreva quais seriam suas principais desculpas para não agir.

Estas desculpas são reais? São verdadeiras? Encare de frente.

 

Nossa mente cria formas de nos proteger, e quando precisamos encarar situações que podem provocar sentimentos como ansiedade, medo, frustração, insegurança, ela age para que a gente fuja destas emoções.

Então, encare de frente, e dê um passo de cada vez.

DO 8 AO 80 SÃO 72 PASSOS.

Entenda que agir pode te tirar da sua zona de conforto. E TALVEZ, por isso, você tenha dificuldade de colocar em prática a teoria, ou mesmo, que você está passando por alguns momentos passageiros que dificultam a ação.

Outro ponto interessante, é que perfeição não existe. Então alguns dias vão ser melhores que outros. O segredo é não desistir de agir, por mais desafiador que seja, porque as coisas mais importantes e significativas, como a realização de sonhos acontecem fora da sua zona de conforto.

UM PASSO DE CADA VEZ.

Faça, mas faça um passo de cada vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.